terça-feira, 20 de novembro de 2018

BOLSONARO ANUNCIA QUE MINISTRO CAMPOS ROSÁRIO SERÁ MANTIDO À FRENTE DA CGU

Wagner de Campos Rosário CGUO presidente eleito, JairBolsonaro (PSL), anunciou nesta terça-feira (20) que vai manter Wagner de Campos Rosário como ministro da Controladoria-Geral da União (CGU). O anúncio foi feito em sua conta pessoal do Twitter. “Informo a indicação do Senhor Wagner de Campos Rosário como Ministro da Controladoria Geral da União. Bom dia a todos!”, escreveu ele.
A CGU é o órgão de controle interno do governo federal, responsável por defender o patrimônio público e incrimentar a transparência da gestão, por meio de ações de auditoria pública, correição, prevenção e combate à corrupção e ouvidoria.
Wagner de Campos Rosário está no cargo desde 31 de maio de 2017. Ele assumiu a função depois que Torquato Jardim foi nomeado Ministro da Justiça pelo presidente Michel Temer e após a recusa de Osmar Serraglio.
Até agora, Bolsonaro anunciou oito ministros:
  • Deputado Onyx Lorenzoni para a Casa Civil; Paulo Guedes para o Ministério da Economia;
  • General Augusto Heleno para o Gabinete de Segurança Institucional (GSI);
  • Tenente-coronel Marcos Pontes para o Ministério da Ciência e Tecnologia;
  • Ex-juiz federal Sergio Moro para o Ministério da Justiça;
  • Deputada Tereza Cristina para o Ministério da Agricultura;
  • General Fernando Azevedo e Silva para o Ministério da Defesa;
  • Diplomata Ernesto Araújo para o Ministério das Relações Exteriores.
O presidente eleito também indicou Joaquim Vieira Ferreira Levy para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e, mais recentemente, Roberto Castello Branco para a presidência da Petrobras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário