terça-feira, 20 de novembro de 2018

PARQUE NACIONAL DOS LENÇÓIS MARANHENSES PODE SER PRIVATIZADO

Resultado de imagem para lencois
O governo de Michel Temer entregará à equipe de transição de Jair Bolsonaro um plano para privatizar nove parques nacionais. A ideia é aliar a preservação ambiental ao turismo. 

Hoje, das 324 unidades de conservação no País, só 53 estão abertas à visitação. As quatro já concedidas à iniciativa privada são responsáveis por 60% do ecoturismo no Brasil. Nos Estados Unidos, os parques recebem, em média, 300 milhões de pessoas por ano e faturam R$ 60 bilhões. Por aqui, em 2017, foram 10,7 milhões de turistas, com faturamento de R$ 2 bilhões. A lista Entre os parques nacionais que podem ser privatizados por 20 anos, em média, estão a Serra da Canastra, a Chapada dos Guimarães, os Lençóis Maranhenses e o Parque Nacional de Jericoacoara. O estudo que Bolsonaro receberá é uma continuação do programa já iniciado na gestão Temer.

Até o final do ano, o ministro Vinicius Lummertz (Turismo) deve concluir a concessão da Chapada dos Veadeiros (GO) e do parque Pau Brasil (BA). Pelos cálculos do governo, o plano deve render R$ 140 milhões em outorgas e R$ 153 milhões em investimentos privados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário