quinta-feira, 29 de agosto de 2019

MUTIRÃO DO GLAUCOMA CHEGA A 12 CIDADES DA REGIONAL DE SÃO JOÃO DOS PATOS


O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), desenvolve ações de prevenção e combate ao glaucoma. Para prevenir, tratar e acompanhar os casos diagnosticados da doença, mais uma etapa do mutirão beneficiará a população de 12 municípios da região de saúde de São João dos Patos. O atendimento inicia nesta quinta-feira (29), nas cidades de Barão de Grajaú, Paraibano, Sucupira do Riachão e São João dos Patos.

“Estamos proporcionando melhores condições de saúde à vida dos cidadãos. Um dos resultados do trabalho que vem sendo desenvolvido é perceptível no avanço das ações de combate ao glaucoma no Estado. Atualmente, por exemplo, atendemos a população de 203 cidades maranhenses com ações de diagnóstico e tratamento da doença”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Em caso de diagnóstico positivo, o paciente receberá um colírio de forma gratuita para o tratamento. A cada três meses será necessário realizar consultas de rotina no intuito de verificar a pressão intraocular.Em São Luís, Hildegardo Mesquita, de 59 anos, completou um ano de tratamento da doença. “Para mim é natural fazer o check-up anual, até que em uma dessas vezes senti muitas dores no olho esquerdo. Quando procurei ajuda médica foi identificado o princípio de glaucoma. O bom é que não precisei passar pela cirurgia, mas rotineiramente venho fazer a triagem e receber o colírio”, disse.

Desde que recebeu o diagnóstico de glaucoma, Vanderléia Cutrim Pereira, de 45 anos, mantém a rotina de tratamento regular. Antes de receber a medicação, a paciente é reavaliada. “Infelizmente deu um leve aumento na pressão dos olhos, mas espero que o uso do medicamento ajude a normalizar”, disse a paciente.
Para o atendimento no mutirão, o paciente deve apresentar cópia do documento do cartão SUS e comprovante de endereço.

Glaucoma
Causada por uma lesão nos olhos, o glaucoma é caracterizado pelo aumento da pressão intraocular. Para evitar possível cegueira, é necessário que o paciente faça acompanhamento médico especializado, utilize medicamentos próprios e receitados por um oftalmologista, além de realizar consultas de rotina.  O glaucoma pode ser de ângulo aberto e de ângulo fechado. Quando de ângulo aberto, a pessoa não percebe a perda gradativa da visão periférica e, por isso, corre grande risco de ficar cega. Já o de ângulo fechado é mais perceptível, uma vez que apresenta dor e vermelhidão contínua nos olhos, dores de cabeça, tontura e outros sintomas.

Agenda do mutirão de glaucoma
Quinta-feira (29)
• Barão de Grajaú (Manhã) – UBS Sebastião Martins, localizada na Rua Agripino Silvério Galvão, 1035, Centro;
• Paraibano (10 às 13h) – UBS Antônio Diniz Barros (Vila Leão), localizada na Avenida 1º de Maio, S/N, Vila Leão;
• Sucupira do Riachão (Tarde) – Centro de Saúde Antônio Guimarães, localizado no Largo Aureliano Leite, s/n, Centro;
• São João dos Patos (Tarde) – Semus, Rua Floriano Peixoto, 153, Centro;

Sexta-feira (30)
• Benedito Leite (8h às 11h) – Posto de Saúde Deputado Luiz Coelho, Praça José Sarney, s/n, Centro;
• Nova Iorque (8h às 11h) – Hospital Municipal de Nova Iorque, Avenida Principal, S/N, Centro;
• São Domingos do Azeitão (13h às 15h) – Hospital Municipal de São Domingos do Azeitão, Avenida BR 230, s/n, Centro;
• Pastos Bons (16h às 18h) – Secretaria Municipal de Saúde, Avenida Domingos Sertão, 1.000;
• Sucupira do Norte (13h às 15h), Secretaria Municipal de Saúde – Antigo Hospital, Rua João Paraibano, 123, Centro;
• Mirador (16h às 18h), UBS Maurício Cabral;

Sábado (31)
• Lagoa do Mato (8h) – UBS Claro Cruz, Avenida Jacy Santos, s/n, Centro;
• Passagem Franca (8h) – Centro Avançado, ao lado do Hospital Afonso Costa.

Publicidade:




Nenhum comentário:

Postar um comentário