segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

FLORIANO:LABORATÓRIO SOBRAL DEMITE DE UMA VEZ SÓ 320 FUNCIONÁRIOS



Um dos símbolos da pujança da economia de Floriano(Pi), o centenário Laboratório Sobral anunciou na manhã desa segunda-feira que irá demitir 320 funcionários o que corresponde à quase 80% do seu quadro de pessoal. 

As demissões em massa não irão representar o total fechamento da indútria pois de acordo com os diretores ainda continuarão sendo produzidos a água Inglesa e a Tintura de Jalapa. 

O motivo das demissões segundo consta seria após mudanças nas regras da Anvisa, que passou adotar padrões internacionais de vigilância fazendo com que a grande maioria das medicações feitas deixassem de ser produzidas até que se adequasse aos novos critérios fazendo assim com que não houvesse necessidade nem condições de manter o quadro até então existente de funcionários. 

-HISTÓRIA DO LABORATÓRIO

História

Fundado inicialmente em Amarante, como Pharmacia Sobral, pelo recém-formado farmacêutico Dr. Theodoro Ferreira Sobral, com apenas 20 anos completados dois meses antes, em sete de janeiro de 1911.

Desde o começo, engajou-se numa luta incansável em benefício da saúde da população. Anos depois, já em Floriano, para onde transferiu-se em 1919, além de sua respeitada Pharmacia Sobral, criou o Laboratório Sobral.

Posteriormente, em 1945, seu filho, também Farmacêutico, Dr. Amílcar Ferreira Sobral, passou a trabalhar na empresa, época em que foram iniciadas as vendas para outros estados: Maranhão, Goiás e Pará, dentre outros, passaram a ter os produtos Sobral.

Em 1970, foi a vez de seu neto, o Economista Teodoro Ferreira Sobral Neto passar também a fazer parte da sociedade. Em 1973, quando formou-se, engajou-se por completo na ainda pequena indústria farmacêutica, passando ampliá-la e modernizá-la continuamente.

Em 2001, sua bisneta, a Administradora Valéria de Carvalho Sobral confirmando o slogan de que esta empresa é uma tradição de pai para filho, passou a fazer parte da administração desta indústria farmacêutica, dando grande contribuição para sua modernização.

Ao longo destes últimos cem anos, este empreendimento teve atuação de destaque em importante marcos da história do comércio e da indústria do setor farmacêutico, sendo mais importante o fato de em 2002 ter sido o primeiro laboratório a lançar medicamentos genéricos no Norte e Nordeste e o vigésimo segundo em todo Brasil.


Por Leandro Noleto

Publicidade:

Nenhum comentário:

Postar um comentário