Blog do Leandro Noleto

sexta-feira, 12 de junho de 2020

Reportagem Especial: A São João dos Patos que se sonha...



12 de Junho. Data em que nossa cidade completa seus 82 anos de emancipação política. 82 anos de muitas histórias. 

Nessa data onde nossa terrinha já é uma octagenária a cidade se pergunta se temos algo para comemorar. Este aniversário é diferente de tudo que já se viu, a Pandemia nos deixou isolados e nos deixou cada um na sua casa evitando assim o contato social. Não teve aquela festa na Praça de Eventos onde a cidade festejava e virava a noite comemorando. 

Até aí tudo bem, pois é uma fase em que é preciso compreensão com a certeza e a esperança que passe logo e tudo voltará ao normal. Agora fica mais uma vez a pergunta. Patoense, você tem o que comemorar? Você que eu digo, não na sua vida privada mas você como cidadão que esperava sua cidade evoluir, crescer, melhorar. Você se sentiu mais bem assistido na saúde? Teve mais chances de conseguir uma oportunidade de emprego e não precisou sair para São Paulo, Santa Catarina ou Rio de Janeiro? Viu seu suado imposto pago com sacrifício lhe retornar em forma de benefício real e concreto?

E nossa cultura, nosso tão consagrado carnaval, quantas vezes se deslocou de tão longe para "pular o carnaval" na terrinha na esperança de retornar satisfeito.

Essa pergunta só você pode responder e se for um não só depende de você também o poder de fazer algo para que isso mude. Se for um sim, que esteja consciente de sua decisão.

A vida é feita de ciclos onde o tempo desgasta e que se tornam ultrapassados pelo comodismo e pela dinâmica do mundo moderno.

A São João João dos Patos que se sonha é diferente, é altiva, é melhor, é algo pelo qual seu filho e sua filha poderá independente do que quiser ser, nascer e crescer na sua terra e nela ter liberdade para se expressar sem amarras e para construir sua vida e sua família tendo o básico para sobreviver.

Quando criou o mundo Deus deu ao homem o livre arbítrio para fazer suas escolhas e assumir as responsabilidades e as consequências por elas tomadas.

Seja livre patoense e reflita no seu presente e no seu futuro.

Viva São João dos Patos

A ti, toda honra e toda glória...


Leandro Noleto, um patoense 




Publicidade:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Em São Domingos do Maranhão, mulher de 27 anos é morta pelo ex companheiro por não aceitar fim do relacionamento

  Elane Oliveira, 27 anos, foi executada a sangue frio por um rapaz que ela manteve relações, o fato ocorreu ontem, 21, nas proximidades da ...