Blog do Leandro Noleto

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Após grande repercussão negativa nas redes sociais,prefeitura decide levar calçamento até a casa da presidente da associação dos moradores da Vila Zezinho que havia sido excluída

 


Há dois dias atrás uma grande polêmica envolveu a obra de calçamento em paralelepípedo que está sendo feita pela prefeitura na Vila Zezinho.

Toda a confusão começou quando o serviço que estava sendo feito na Rua 9, uma das ruas contempladas deixou de contemplar a casa da jovem Iriane, presidente associação dos moradores da Vila.

De imediato uma avalanche drcríticas tomou de conta da cidade por suspeita de perseguição política sendo que Iriane foi uma das que cobrou do chefe de gabinete para que a obra fosse feita.

Logo após a repercussão em menos de dois dias o serviço foi iniciado e deverá contemplar a frente de sua residência.


Publicidade:

                               COMPUTEX INFORMÁTICA 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Homem é preso pela PRF na BR-230 com R$74 mil em dinheiro e cheques de origem não declarada

Um homem de 35 anos que estava na posse de R$ 74.250,00 sem origem declarada foi preso numa ação da Polícia Rodoviária Federal - PRF, Region...